Facebook
Instagram
Youtube
Bodog

Michael Page, a biografia de um lutador de MMA

Michael “Venom” Page, lutador de MMA inglês de 35 anos, possui apenas uma derrota em sua carreira e foi em uma luta contra o brasileiro Douglas Lima, em 2019. Hoje, contratado pelo Bellator, principal adversário do UFC no MMA mundial, Michael Page coleciona vitórias e o reconhecimento de ser um lutador de estilo pouco convencional.

A partir de agora você vai entender porque Michael Page é também chamado de “Venon”, quais foram suas principais influências para uma carreira tão prestigiada e quais foram as suas melhores lutas e porque o público das apostas em MMA gostam tanto das lutas com o britânico.

Quem é Michael “Venom” Page?

Michael Page nasceu em 7 de abril de 1987 na nublada Londres, capital da Inglaterra. Desde cedo o londrino esteve ligado ao mundo das artes marciais, já que seu pai, Curtis Page, é um mestre na arte Lau Gar, do Kung Fu. Com apenas 3 anos de idade, Michael Page iniciou os treinos nas artes marciais e, com 5 anos, competiu em seu primeiro torneio de karatê.

Sob forte influência familiar, Michael Page foi campeão de 10 mundiais de Kickboxing, ganhando o primeiro quando tinha 12 anos. Reconhecido no mundo do MMA por sua luta repleta de golpes rápidos, Page atribui o estilo à experiência adquirida desde criança, e o apelido “Venom” pode ser atribuído à semelhança de sua luta com a forma de lutar do brasileiro Anderson” Spider” Silva. E as iniciais MVP também servem como um trocadilho para “Most Valuable Player”, ou seja, “Jogador Mais Valioso”.

Michael Page no MMA

Michael Page passou a ser considerado uma das lendas do MMA, e ao contrário de muitos ídolos, não iniciou no UFC. Page iniciou suas lutas de MMA pelo UCMMA, na edição de número 26, no ano de 2012. Sua estreia no octógono foi contra Miguel Bernard, numa luta onde Page utilizou técnicas de Jiu-Jitsu, tendo finalizado o oponente com um belíssimo chute. Na época, Page foi chamado de “filhote do Anderson Silva”.

Ainda em 2012, Michael “Venom” Page anunciou que havia assinado contrato com o SFL (Super Fight League), onde estreou contra Haitham El-Sayed, na edição 7 do SFL, em 2 de novembro de 2012. Page puniu Haitham com diversos golpes e a luta foi interrompida no fim do primeiro round para preservar o adversário, que já estava bastante machucado e sangrando.

Pouco tempo depois, Michael Page anunciou que era o novo contratado do Bellator, o principal concorrente do UFC, e disse que continuaria a lutar pelo SFL, respeitando o contrato das duas organizações. A estreia de Page pelo Bellator aconteceu em 21 de março de 2013, na edição de número 93, contra Ryan Sanders. Logo nos dez primeiros segundos do primeiro round, Page nocauteou Sanders e, mais uma vez, fez com que todos ficassem perplexos com sua destreza e agilidade.

As melhores lutas de Michael Page

Várias foram as lutas em que Michael Page deu um show de técnica, levando seus adversários à lona nos primeiros momentos do duelo. Mas algumas chamaram mais a atenção, como foi a luta de Page contra David Rickels, contra Evangelista “Cyborg”, contra Paul Daley e, claro, contra Douglas Lima.

michael venom page

Michael Page x Evangelista “Cyborg”

Em 2016, na edição 158 do Bellator, Page golpeou traumaticamente o lutador Evangelista “Cyborg”, lhe rendendo um afundamento de crânio. Na ocasião, “Cyborg” corria risco de morte e precisou de uma cirurgia de 7 horas para reparar a lesão. Por necessitar se afastar das lutas até sua total recuperação, foi criada uma campanha de arrecadação de fundos para o lutador.

Michael Page x David Rickels

A luta que aconteceu em 2018 teve um primeiro round morno, mas mesmo assim Page levava vantagem sobre Rickels. No início do segundo round Michael Page acertou um golpe tão pesado em Rickels que fez seu oponente desistir da luta.

Michael Page x Paul Daley

No ano de 2019, Michael “Venom” Page enfrentou Paul Daley em uma luta equilibrada e muito acirrada. O término da luta foi decidido pelos jurados, que mantiveram a, até então, invencibilidade de Page. Daley discordou da decisão e acusou o Bellator de proteger os investimentos do adversário.

Michael Page x Douglas Lima

Em maio de 2019, no Bellator 221, o brasileiro Douglas Lima acertou um grande golpe em Page, quebrando a invencibilidade do lutador londrino. Page, que desmaiou na hora, prometeu uma “vingança horrível” contra o brasileiro. E a revanche aconteceu em outubro de 2021, no Bellator 267, onde Page derrotou Lima numa decisão dividida pelos juízes, cujo resultado foi questionado pelo perdedor.

Conclusão

Esperamos que tenha apreciado a mini biografia de Michael Page, um lutador dura na queda! E se assim como nós, você é louco por MMA e gosta de saber sobre as novidades deste mundo e as histórias de seus lutadores, no Bodog você pode acompanhar tudo isso e ainda realizar seus palpites nos lutadores! O mundo do MMA sempre nos guarda fortes emoções e nós adoramos compartilhar isso com vocês!