A seleção brasileira em sua caminhada para o Mundial de 2026

O Brasil é a única seleção nacional a ter jogado em todas as Copas do Mundo de futebol da história, até o momento. 2026 não deverá ser uma exceção, pois o Brasil tem grandes chances de estar presente em sua 23ª Copa do Mundo, que acontecerá em três países: Canadá, Estados Unidos e México, entre os dias 8 de junho a 19 de julho.  

selecao brasil mundial

O último título da seleção “canarinho” foi no Mundial de Coreia e Japão no já distante ano de 2002, quando conquistou o pentacampeonato. Mesmo assim, quando se trata de apostar na Copa do Mundo, o Brasil continua sendo um dos grandes favoritos a levantar a taça.

Posição da seleção brasileira no ranking Fifa

Após o último fracasso, na Copa do Catar de 2022, o Brasil ocupa a terceira colocação no ranking oficial da FIFA, com 1837,61 pontos. Com Fernando Diniz, como interino, no comando, a equipe oscila neste início das eliminatórias e busca consolidar seu elenco durante a competição para chegar firme em 2026 em busca do hexacampeonato.

Copas do MundoResultados
Alemanha 2006Perdeu nas quartas de final para a França por 1 a 0.
África do Sul 2010Perdeu nas quartas de final para os Países Baixos por 2 a 1.
Brasil 2014Terminou em quarto lugar, mas sofreu uma das derrotas mais retumbantes de sua história quando perdeu para a Alemanha de 7 a 1 nas semifinais.
Rússia 2018Perdeu de 2 a 1 para a Bélgica nas quartas de final.
Catar 2022Eliminado nas quartas de final, nos pênaltis, pela Croácia, após um empate na prorrogação em 1 a 1.

Passado um ano do último Mundial, os grandes nomes da seleção brasileira atual continuam sendo as estrelas de sempre, com uma lista encabeçada pelo camisa dez Neymar, seguido da juventude e protagonismo da dupla do Real Madrid Vinicius Júnior e Rodrygo, passando pela experiência de Casemiro e Marquinhos, referências no elenco canarinho.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Como o Brasil se saiu na Copa do Mundo de 2022 no Catar?

O Brasil chegou ao Catar cotado como o grande favorito a vencer o Mundial, depois de uma grande fase classificatória, na qual não foi vencido por nenhum adversário nas 17 partidas disputadas.

Porém, infelizmente, o Brasil não teve o melhor desempenho na Copa. Após uma fase de grupos tranquila, mesmo com a lesão de Neymar na estreia, o Brasil garantiu vaga nas oitavas de final.

Já nos dois primeiros jogos venceu a Sérvia e a Suíça por 2×0 e 1×0, podendo poupar seus titulares na terceira partida, na qual foi derrotado pela seleção de Camarões por 1×0.

qatar selecao brasil

Nas oitavas, teve em seu caminho a Coréia do Sul, surpresa do grupo H, que foi atropelada com um sonoro 4 a 1, sem grandes sofrimentos, com grande atuação de Vinicius Junior, que marcou um dos gols e deu assistência para outro.

Chegando às quartas contra a Croácia, 90 minutos de muita tensão e poucas oportunidades. Com o empate, a disputa foi levada para a prorrogação, quando Neymar abriu o placar. Porém, mais tarde, a quatro minutos do fim da partida, Bruno Petkovic empata o jogo e força as penalidades. Rodrygo e Marquinhos desperdiçaram suas cobranças e o Brasil acabou eliminado.

aposte slots blog bodog cassino

O que aconteceu com a seleção brasileira de futebol depois do Catar?

Aos 17 dias de janeiro de 2023, Tite assinou sua rescisão e encerrou um ciclo de seis anos à frente da seleção Brasileira. Após muitas especulações, Fernando Diniz foi anunciado pela CBF como técnico interino. Porém, o campeão da Libertadores com o Fluminense não deverá permanecer no cargo, que, ao que tudo indica, em 2024, será do italiano Carlo Ancelotti.

No campo, o capitão de 2018, Thiago Silva, pode ter feito sua última partida em Mundiais. Com 38 anos, o zagueiro esteve fora das últimas convocações apesar de não ter se despedido oficialmente da seleção canarinho.

Equipe atual do Brasil

Tendo utilizado o esquema 4-2-3-1 que o consagrou campeão pelo Fluminense, a formação base utilizada por Fernando Diniz é composta por: Éderson(Alisson), Danilo, Marquinhos, Gabriel Magalhães, Renan Lodi; Bruno Guimarães(André), Casemiro; Rodrygo(Raphinha), Neymar, Vinicius Júnior; Gabriel Jesus(Richarlison).

O Brasil espera por seu diretor técnico

Atualmente, Fernando Diniz vem aproveitando as datas FIFA para fazer testes em suas convocações, inclusive olhando muito para o cenário do futebol brasileiro. Em diversos momentos, chamou atletas que atuam no Brasileirão para representar a seleção. Confira abaixo, todos os jogadores convocados por Diniz nas três convocatórias feitas pelo treinador em 2023:

PosiçãoJogadores convocados
GoleiroAlisson, Ederson, Lucas Perri e Bento
ZagueiroMarquinhos, Gabriel Magalhães, Nino, Ibañez, Bremer,
Lateral-DireitoDanilo, Emerson Royal, Vanderson, e Yan Couto
Lateral-EsquerdoRenan Lodi, Carlos Augusto, Guilherme Arana e Caio Henrique
Meio-CampistasCasemiro, Bruno Guimarães, Gerson, Raphael Veiga, André, Joelinton, Douglas Luiz e Pepê
AtacantesNeymar, Vinicius Junior, Rodrygo, Gabriel Jesus, Richarlison, Gabriel Martinelli, Paulinho, João Pedro, Raphinha, Endrick, Matheus Cunha e David Neres

Ausências do Brasil nas próximas partidas das eliminatórias

As principais ausências da seleção brasileira se dão por conta de lesões, razão pela qual a maioria dos atletas ausentes estará fora de combate por um longo tempo. São eles:

  • Éder Militão (Zagueiro): O atleta sofreu uma ruptura no ligamento cruzado do joelho esquerdo, atuando pelo Real Madrid, no dia 12 de agosto, contra o Athletic Bilbao e passou por cirurgia. O tempo de recuperação vai de sete a dez meses;
  • Danilo (Lateral-direito): O jogador da Juventus sofreu uma lesão na coxa, no empate do Brasil contra a Venezuela, nas eliminatórias, no dia 12 de agosto. Com prazo estimado de quatro semanas, ainda deve retornar aos gramados em 2023;
  • Casemiro (Meio-campista): Também com problema na coxa, adquirido no jogo contra o Newcastle pela Premier League, em novembro, o atleta do Manchester United não tem previsão de retorno;
  • Neymar (Atacante): O camisa dez da seleção lesionou gravemente o joelho. Após uma ruptura ligamentar na partida contra o Uruguai, no dia 17 de outubro, precisou passar por uma cirurgia na região. O prazo de retorno ao futebol é de nove a 12 meses;
  • Éderson (Goleiro): O jogador do Manchester City sofreu um trauma no pé no dia 12 de novembro, tornando-se desfalque por lesão, recentemente. O prazo de retorno é de duas a três semanas.

Últimas partidas disputadas pelo Brasil

Após a Copa do Mundo, o Brasil entrou em campo em sete oportunidades, sendo três delas por amistosos, ainda sem Diniz no comando. Enfrentou o Marrocos, com derrota por 2×1; a Guiné, vencendo por 4×1; e Senegal, perdendo pelo placar de 4×2.

Em jogos recentes, pelas eliminatórias sul-americanas para o Mundial 2026, o retrospecto é pouco convincente. Isso porque a seleção conseguiu apenas 2 vitórias em 6 partidas.

Ganhou apenas contra a Bolívia em casa por 5×1, e o Peru em Lima por 0x1. Logo, ficou em um empate em 1×1, em casa (Cuiabá), contra a Venezuela; e sofreu três derrotas seguidas, contra o Uruguai no Estádio Centenário, pelo placar de 2×0; contra a Colômbia em Barranquilla, por 2×1; e contra a Argentina no Maracanã por 1×0 – sua primeira derrota na história das Eliminatórias jogando em casa.

O que podemos esperar para apostar na seleção brasileira?

Os próximos compromissos do Brasil nas eliminatórias se disputarão apenas em 2024 e pode-se dizer que há muito tempo e possibilidades para organizar melhor o time, seja com Diniz ou com o provável novo técnico a partir da metade do ano.

apostas sports brasil

Embora ainda seja tudo bastante incerto para esta seleção brasileira, em relação ao seu sucesso nas próximas etapas das Eliminatórias Sul-Americanas, é inegável que as estatísticas ainda a apontam como uma das favoritas para ganhar o mundial de 2026, antes mesmo de que se confirme oficialmente a sua participação, como se pode ver nas apostas futuras da Bodog.

Provável vencedor Mundial 2026Odds
Brasil6.50
França7.00
Inglaterra7.50
Argentina8.50
Espanha10.00
Alemanha11.00

Conclusão

Estamos apenas no início de mais um ciclo até a Copa do Mundo de 2026 com a Seleção Brasileira e claro que, independente da pequena crise, as expectativas são grandes para finalmente repetirmos o feito de 2002 e sermos campeões do mundo novamente.

Perguntas frequentes

Quem foram os convocados do Brasil em 2023 para as Eliminatórias?

Sem Neymar lesionado, Fernando Diniz convocou: os goleiros Alisson, Bento e Lucas Perri, os zagueiros Bremer, Gabriel Magalhães, Nino e Marquinhos, os meio-campistas André, Bruno Guimarães, Douglas Luiz, Joelinton, Raphael Veiga, Rodrygo e os atacantes Endrick, Gabriel Jesus, Martinelli, João Pedro, Paulinho, Pepê, Raphinha e Vinicius Junior.

Quem ganhou o maior número de Copas do Mundo com o Brasil?

O jogador que mais venceu Mundiais na história do futebol foi Edson Arantes do Nascimento, o Rei Pelé, que na sua carreira somou três conquistas do título máximo do esporte. O primeiro troféu aconteceu no ano de 1958 na Suécia, o segundo em 1962 no Chile e o terceiro no México em 1970.

De quantas Copas do Mundo o Brasil participou?

O Brasil é a única seleção Mundial que participou de todas as edições da Copa Mundo desde sua primeira edição no ano de 1930. No ano de 2022 no Mundial do Catar, vencido pela Argentina, a seleção brasileira completou 22 participações em Copas do Mundo. Caso se classifique para o torneio em 2026, será sua 23° aparição.

Como está o desempenho da seleção brasileira nas eliminatórias 2026?

Como está o desempenho da seleção brasileira nas eliminatórias 2026?

aposte futbol esportes bodog blog

Assine nossa newsletter

Receba bônus exclusivos e as últimas notícias sobre os melhores jogos de cassino.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Rolar para cima