Facebook
Instagram
Youtube
Spotify
Bodog

Espanha, uma candidata em renovação

A seleção espanhola de futebol é sempre candidata a ganhar uma Copa do Mundo. E não é diferente no caso da competição máxima a ser realizada no Catar em 2022. Seu futebol “tiki taka” não deixa ninguém indiferente e é sempre um dos favoritos das apostas da Seleção Bodog.

selecao espanhola de futebol

O trabalho do técnico Luis Enrique, citando um grande número de jovens em seu processo de renovação, deu um novo ar à equipe europeia. A Espanha consolidou um sistema de jogo com as seguintes características, embora com números não muito favoráveis. Algumas qualidades do jogo na Espanha:

  • versatilidade
  • velocidade
  • posse de bola
  • velocidade nas transições defesa-ataque

Luis Enrique, um estudioso do futebol mundial

Sabe-se que o técnico da seleção espanhola de futebol estuda cada lance do jogo, cada espaço que sua equipe ocupa no campo.

Suas equipes adquirem uma vantagem necessária para enfrentar seus rivais, devido à habilidade de Luis Enrique em analisar seus rivais.

Luis Enrique 1

A Espanha é camaleônica. Adapta características do seu estilo dependendo do adversário enfrentado. Pode jogar com dois alas por dentro para prender os zagueiros adversários e colocar um homem extra no meio-campo, ou pode abrir os alas para ampliar o campo de jogo. 

Tudo depende do rival e de qual é a melhor estratégia para enfrentá-lo.

Dados que geram debate na seleção da Espanha

Luis Enrique teve sucesso em sua passagem pelo Barcelona, mas a realidade é que ele é o técnico da Espanha com o pior percentual de vitórias nos últimos 40 anos. É preciso voltar a 1982 para encontrar um técnico com dados piores do que Luis Enrique: José Santamaría, que liderou a Espanha em 19 jogos e venceu apenas sete, obtendo um pobre 36% de vitórias.

Luis Enrique, entre suas duas etapas, soma 29 partidas oficiais e apenas 15 vitórias. Um 51,7%, que está muito longe de seus antecessores:

  • Robert Moreno alcançou um 80% de vitórias
  • Julen Lopetegui, um 70%
  • Vicente del Bosque, um 78%
  • Luis Aragonés, um 72%

Além disso, com a derrota no dia 2 de setembro para a Suécia por 2 a 1, interrompeu uma sequencia de 66 jogos consecutivos sem perder nas eliminatórias para a Copa do Mundo. A seleção da Espanha não perdia nesta competição há 28 anos.

Escalações variadas em La Roja

Apesar dos números, as escalações de Luis Enrique sempre surpreendem. Ele chamou sete jogadores do Barcelona, seis do Real Madrid, cinco do Atlético de Madrid e quatro de equipes como Manchester City, Valencia e Villarreal. Ele até já convocou jogadores de 33 times diferentes.

jogadores para a selecao espanhola

Nas últimas três escalações, de fato, não chamou nenhum jogador do Real Madrid.

Os jogadores espanhóis escalados por Luis Enrique

Além disso, Luis Enrique escalou um grande número de jovens jogadores para a seleção espanhola. A última pérola foi Gavi, que estreou com 17 anos e 62 dias. Outros dois jovens estreantes na historia da seleção da Espanha foram:

  • Ansu Fati (que estreou com 17 anos e 308 dias)
  • Ángel Zubieta (que, em 1936, entrou em campo com 17 anos e 284 dias).
fans selecao espanhola de futebol

Você apostaria na Espanha e em sua jovem equipe na Copa do Mundo do Catar 2022? Junte-se às apostas da Seleção Bodog e torne as eliminatórias parte de sua paixão.