Xherdan Shaqiri disputará sua quarta Copa do Mundo no Catar 2022 Xherdan Shaqiri disputará sua quarta Copa do Mundo no Catar 2022 - Bodog Blog
Facebook
Instagram
Youtube
Bodog

Xherdan Shaqiri disputará sua quarta Copa do Mundo no Catar 2022

Xherdan Shaqiri é um jogador especial: desequilibrante, vertical, muito veloz, com uma excelente pontaria e que sabe o que é disputar e comemorar gols no maior torneio do futebol.

Xherdan Shaqiri

Na Copa do Mundo do Catar 2022, o suíço disputará sua quarta Copa do Mundo ao lado de uma seleção com a qual brilhou, mas onde também esteve envolvido em polêmicas.

Xherdan Shaqiri
Dados pessoais:

Nome: Xherdan Shaqiri
Data de nascimento: 10 de outubro de 1991
Local de nascimento: Gnjilane, Iugoslávia (atual Kosovo)
Idade: 30 anos
Estatura: 169 cm
Peso: 75 kg
Posição em campo: Ponta-direita
Equipe: Chicago Fire, Estados Unidos
Número da camisa na seleção: 23

Prêmios:

Não tem

Um jogador especial: a grande trajetória de Shaqiri pelos clubes europeus

Shaqiri nasceu na antiga Iugoslávia, que atualmente é o Kosovo. Seus pais são kosovares de origem albanesa e decidiram emigrar para a Suíça quando o jogador tinha apenas 1 ano de idade. Esse passado nos Bálcãs deixou uma marca no jogador, que esteve envolvido em polêmicas na seleção de seu país. Vamos falar sobre isso mais adiante. Agora, vamos focar na trajetória de Shaqiri pelos clubes.

O suíço tem um excelente currículo em clubes, jogando pela equipe titular do Bayern de Munique, Inter de Milão e Liverpool.

A história do jogador nacionalizado suíço no futebol começou em 2009, quando estreou no Basel com apenas 17 anos de idade. Ele disputou 130 jogos pelo Basel, marcando 23 gols e dando 27 assistências.

Xherdan Shaqiri jugador suiza

Após três anos com o clube suíço, ele foi para um dos grandes: o Bayern de Munique. O clube da Baviera pagou 12 milhões de euros por seus serviços e assinou contrato com ele em 2012. Lá, teve grandes atuações e outras não tão grandes assim, com 17 gols e 19 assistências em 81 partidas.

Embora tenha ganhado três vezes com os alemães (liga, copa local e Liga dos Campeões), ele nunca conseguiu se consolidar entre os onze titulares, permanecendo, por vezes, no banco de reservas.

Em janeiro de 2015, partiu para a Inter de Milão emprestado com uma obrigação de compra. Não se saiu bem na Itália: jogou apenas 20 partidas, com 3 gols e 2 assistências.

Apenas seis meses depois de um desempenho insatisfatório na Inter de Milão, ele partiu para a Inglaterra para jogar em uma equipe muito mais humilde: Stoke City, que pagou 17 milhões por seus serviços. Teve uma ótima atuação nesse clube, com 15 gols e 15 assistências em 92 jogos.

Três anos mais tarde, Jürgen Klopp se interessou por ele, pagou sua multa rescisória de 15 milhões de euros e o levou para o Liverpool. No Liverpool, aconteceu a mesma coisa que no Bayern de Munique: ele alternava entre jogar como titular e reserva, porém, foi fundamental na consagração dos vermelhos na Liga dos Campeões na temporada 2018/2019.

Disputou 63 partidas pela Inglaterra, marcando 8 gols e dando 9 assistências. Graças a esse desempenho, ele foi transferido para o futebol francês, para a equipe do Lyon. Passou apenas um ano e meio na França e, após várias temporadas indo de uma equipe para outra na Europa, ele decidiu mudar de continente.

Foi para a MLS nos Estados Unidos para jogar no Chicago Fire. Com essa equipe de uma grande cidade norte-americana, jogou 21 partidas, marcando 4 gols e dando 6 assistências.

Shaqiri já comemorou vários títulos ao longo de sua carreira de sucesso. Venceu a Champions League 2 vezes, o Mundial de Clubes, a Supercopa da Europa e a Copa da Alemanha, a Bundesliga 3 vezes e a Premier League uma vez.

Shaqiri: rápido e desequilibrante

 O estilo de jogo de Shaqiri é caracterizado pela velocidade e verticalidade. Ele também é um grande finalizador de longa distância e um excelente assistente.

Conta com uma excelente visão de campo, que complementa com um grande movimento ao redor de todo o campo.

O suíço pode ocupar diversas funções nas áreas de araque: lateral-direito, lateral-esquerdo ou volante ofensivo. Ele se concentra em jogadas ofensivas, por isso, o desempenho defensivo é um de seus maiores pontos fracos.

Xherdan Shaqiri jugador suiza
Seus pontos fracos são:
  • Jogadas aéreas
  • Contribuição defensiva
Suas melhores características são:
  • Jogadas com a bola parada
  • Chutes
  • Passes
  • Assistências
  • Posse de bola

Atualmente, seu valor de mercado é de 7 milhões de euros, segundo a Transfermarkt.

Shaqiri: um jogador brilhante e polêmico da seleção suíça

Ele se saiu muito bem com a seleção da Suíça e se tornou o principal expoente ofensivo e de liderança da equipe. Também esteve envolvido em polêmicas devido à sua origem kosovar albanesa. Relembremos.

Ele estreou na Suíça aos 18 anos de idade sob comando do técnico Ottmar Hitzfeld e, desde então, disputou 106 partidas, marcando 26 gols e dando 29 assistências, se aproximando do recorde de 117 partidas de Heinz Hermann.

Sabe o que é marcar gols e dar assistências nos torneios de futebol mais importantes, já que tem muita experiência nessas competições, disputando 3 Copas do Mundo (2010, 2014 e 2018) e se destacando, em especial, na edição que aconteceu no Brasil.

A polêmica aconteceu na Copa do Mundo da Rússia de 2018, quando a Suíça derrotou a Sérvia com um gol de Shaqiri aos 90 minutos. Para comemorar o gol, o jogador fez um gesto que representa uma águia de duas cabeças, símbolo nacional da Albânia.

A Albânia tem conflitos políticos com a Sérvia, então o gesto não foi muito bem visto pelos sérvios. A comemoração gerou um tumulto, e Shaqiri foi insultado pela torcida e multado pela FIFA.

A Suíça precisa da melhor versão de Shaqiri na Copa do Mundo do Catar 2022

Embora esteja jogando atualmente em uma liga de nível inferior, ele ainda é um jogador de alto nível que pode ganhar um jogo com sua excelente pontaria.

A Suíça precisará da pontaria e da grande visão de jogo de Shaqiri se quiser passar de fase na Copa do Mundo do Catar 2022, onde foi sorteada no Grupo G com Brasil, Sérvia e Camarões. Tudo indica que a seleção suíça disputará o segundo lugar com os sérvios.

Shaqiri jugador suiza

É um grupo complexo, com uma seleção brasileira muito forte que é sempre candidata a conquistar o título. Além disso, a Suíça enfrentará novamente a Sérvia (seleção que esteve envolvida na polêmica de Shaqiri), uma equipe muito sólida que pode surpreender.

Se conseguir passar de fase, a Suíça enfrentará adversários difíceis como Portugal ou Uruguai, do Grupo H. Os europeus têm uma equipe de muita qualidade. , enquanto os sul-americanos chegam com um espírito renovado e uma equipe cheia de excelentes jogadores. 

Você acha que Shaqiri dará o melhor de si na Copa do Mundo do Catar 2022 e liderará a Suíça a passar da fase de grupos?