Facebook
Instagram
Youtube
Bodog

O que é Squeeze Play no poker?

Há táticas em poker que não passam de moda, quanto muito se adaptam e evoluem. É o caso do Squeeze Play! Já ouviu falar deste tipo de jogada?

preflop aposta par
O Squeeze, uma tática que já foi muito popular no poker físico, parece ser muito arriscada no poker online, mas por isso mesmo, é que pode ser uma ferramenta interessante a considerar.

O que é Squeeze play em poker e qual é o seu objetivo?

Esta estratégia acontece geralmente em situações pré-flop e envolve várias ações e jogadores.

Consideremos o seguinte cenário:

  1. Um oponente de caráter agressivo, abre a jogada com um raise, desde uma das primeiras posições da mesa (early position).
  2. Um segundo jogador paga esse aumento.
  3. O terceiro jogador faz um re-raise, com a intenção de “apertar” os outros para fora da jogada, aparentando uma mão monstruosa.

Em geral se associa esta ideia a um grande blefe. E é porque tem história provando que a estratégia, quando bem utilizada, funciona e ganha grandes potes, mesmo com cartas medíocres.

Porém, é uma boa jogada para fazer com cartas também, especialmente se o oponente está tentado a pensar que estamos blefando. Situados no pré-flop falamos de pares altos ou cartas combinadas, por exemplo.

No que diz respeito ao tamanho da aposta, para ser considerado um squeeze o tamanho do raise deve ser muito maior que um tribet regular, já que há mais jogadores investidos no pote.

pote fichas mesa 1

O alvo do squeeze é roubar grandes potes pré-flop, de jogadores loose que costumam abrir muitas rodadas com apostas altas, independentemente da força de suas mãos.

Quando fazer Squeeze Play no poker?

Esta jogada costuma ser uma das mais escolhidas entre as estratégias de poker para jogar  omaha-hi-lo ou Texas Holdem, em torneios ou mesas cash ao vivo. E funciona muito melhor em jogos sem limites.

Como mencionamos antes, no online parece muito arriscado, até porque a leitura sobre o jogo do oponente costuma ser um pouco mais difícil.

botoes poker dealer

Consideremos que nos jogos ao vivo você tem muita mais informação do oponente, pode envolver tells, linguagem corporal, ou até conhecer o jogador de outros eventos.

Nas mesas online como as da Bodog, o anonimato faz com que a informação seja dada apenas pelas ações observadas. Mas nem por isso devemos descartar a possibilidade, só deveremos escolher o momento de agir com mais cautela.

As melhores posições para avançar com um squeeze são as últimas, já que desde lá correrá menos riscos de virar o “apertado”.

Resumindo: Qual o melhor cenário para fazer Squeeze Play em poker?

  1.  As melhores posições para realizar esta jogada são as últimas. Desde o botão ou desde a posição de cut-off você corre menor risco de acabar virando vítima do squeeze.
  2. O melhor é jogar pré-flop contra jogadores loose. (Precisa ter uma boa leitura do jogo do oponente)
  3. Depois do flop esta jogada é menos frequente, mas mesmo assim possível. Nesse caso você precisa considerar a textura da mesa. Porém, a situação é quem manda.
  4. Cuide de sua imagem. Se você tiver uma imagem muito agressiva, tem maiores possibilidades de que os outros, com mãos moderadas, caiam no seu squeeze. (A não ser que você esteja buscando provocar exatamente essa reação, é claro)
  5. Esta dica é o Joker das dicas: Treine muito para ficar craque na leitura dos oponentes, e na forma de cultivar sua própria imagem perante os outros.

Bônus track, uma jogada de poker magistral: Squeeze play em ação!

Uma das jogadas de Squeeze Play mais famosas, é a que o genial Daniel Harrington fez na mesa final das WSOP do ano 2004. Aqui podemos ver um exemplo claro de como esta estratégia funciona.

Começamos nos situamos numa partida ao vivo, onde os jogadores envolvidos já tem seu perfil de jogo construído, o que nos dá a metade da informação que precisamos para que esta tática funcione. O Dan Harrington, famoso empresário de poker e jogador profissional é considerado ser um jogador muito conservador, apesar de seu nickname ser “action dan”.

Josh Arieh, que era o segundo colocado em fichas na mesa e considerado um jogador agressivo e solto (loose – agressive). Ele começa a ação, fazendo um raise de 220,000  com K♥9♠. Então aparece Greg Raymer, o líder em fichas, com seu A♣ 2♣ e paga a aposta, outro jogador loose.

Dan estava curto em fichas, com um stack de 2,320,000 e sua mão era um 6♥2♦, porém ele lê seus oponentes e também se acha numa situação onde deve ganhar fichas para sobreviver. Então, ele aproveita a situação e faz um squeeze play, com um raise de 1,2000 desde o botão.

Após o Dan, o David William, que era o Big Blind, faz um fold com A♠Q♣.

Imediatamente, os outros jogadores também desistem da rodada de apostas no pré-flop, todos com mãos mais fortes que Dan! Assim vale a pena arriscar o “aperto”, não é?