UFC, Marina Rodriguez x Amanda Lemos UFC, Marina Rodriguez x Amanda Lemos
Facebook
Instagram
Youtube
Bodog

UFC, Marina Rodriguez x Amanda Lemos

O UFC Vegas 64 teria como luta principal o confronto pelo peso-pena masculino entre Bryce Mitchel e Movsar Evloev. Porém, a lesão do russo fez com que a organização tivesse que mudar os planos quase às vésperas do evento.

ufc predio

Melhor para nós brasileiros, que agora teremos um confronto 100% verde e amarelo no main event da noite de Las Vegas com o encontro de Marina Rodriguez e Amanda Lemos, que pode definir o futuro da divisão das pesos-palha do Ultimate. Neste artigo vamos dar algumas dicas para apostar no UFC.

Detalhes da luta entre Marina Rodriguez x Amanda Lemos

A luta entre as duas lutadoras brasileiras será o evento principal do UFC: Marina Rodriguez x Amanda Lemos e pode garantir para a vencedora uma inédita disputa de cinturão na carreira de ambas.

LutaMarina Rodriguez x Amanda Lemos
EventoUFC on Vegas 64
Data05 de Novembro às 17h (horário de Brasília)
Cotas de ApostasMarina Rodriguez: 1.455; Amanda Lemos cota de 2.75

O UFC on Vegas 64 terá como palco o UFC Apex, casa do Ultimate construída em Las Vegas e palco da grande maioria dos eventos realizados nos últimos dois anos.

Além da luta principal da noite o UFC on Vegas ainda terá mais 12 combates e a presença de outros três lutadores brasileiros: Jaílton Malhadinho, Tamires Vidal e Polyana Viana.

Conheça as lutadoras do UFC: Rodriguez x Lemos

Marina Rodriguez tem 35 anos e nasceu em Bagé, no Rio Grande do Sul. A gaúcha já tinha um excelente cartel com 10 vitórias e nenhuma derrota na carreira quando ganhou a sua primeira chance de lutar no UFC.

Hoje Rodriguez entra em ação com o status de terceira colocada no ranking do peso-palha feminino que tem Carla Esparza como campeã e ostenta uma sequência de quatro vitórias consecutivas.

marina rodriguez ufc

Já Amanda Lemos também tem 35 anos de idade e nasceu em Belém, capital do estado do Pará. E chegou ao UFC com muito mais expectativas, já que ostentava o título de campeã do Jungle Fight.

Hoje a paraense aparece um pouco abaixo de sua adversária no ranking do peso-palha feminino, ocupando atualmente a sétima colocação.

Perfil de Marina Rodriguez no UFC

Marina Rodriguez chegou ao UFC depois de derrotar a também brasileira Maria de Oliveira Neta na segunda temporada do Reality Show Dana White’s Contender Series Brazil.

A gaúcha chegou ao Ultimate com um cartel perfeito de dez vitórias em dez combates, mas logo de cara percebeu que ali o nível seria maior, ficando apenas com um empate contra Randa Markos em setembro de 2018.

Hoje Rodríguez, que tem um grande poder de nocaute nas mãos, já acumula nove combates com dois empates e seis vitórias.

Joga contra ela o fato de sua única derrota ter sido contra Carla Esparza, atual campeã da divisão, mas a brasileira fez um combate duro contra a norte-americana e saiu do octógono derrotada apenas depois de uma decisão dividida dos árbitros.

História da lutadora Amanda Lemos

Amanda Lemos chegou ao UFC com o status de campeã do maior evento de lutas da América Latina, o Jungle Fight, mas logo em sua estreia no Ultimate foi derrotada em 2017 por Leslie Smith.

Conseguiu a recuperação e vinha em uma fase com cinco vitórias consecutivas, mas quando teve pela frente um grande desafio contra a ex-campeã Jéssica Andrade acabou derrotada ainda no primeiro round.

A vitória em seu último combate contra Michelle Waterson deu novo ânimo, e hoje Lemos chega para a luta principal do UFC on Vegas 64 com oito combates pelo UFC com seis vitórias e duas derrotas.

Previsão da luta Marina Rodriguez x Amanda Lemos

Tanto Marina Rodriguez quanto Amanda Lemos trazem na luta em pé a sua grande força. Porém, o respeito entre ambas deve prevalecer assim que o juiz permitir o inicio do combate.

Como esse será o combate principal da noite será disputado em cinco rounds, o que pode trazer para o octógono de Vegas um início morno e bastante estudado.

Por viver melhor fase e chegar com maior responsabilidade nesse combate, a tendência para quem quiser apostar no UFC é de uma vitória de Marina Rodríguez por decisão unânime depois de cinco rounds de muito estudo.

Conclusão

O combate entre duas brasileiras que iria acontecer no UFC 280 foi promovido ao status de luta principal do UFC on Vegas 64. E se há apenas uma certeza nessa vida é a de que a organização de Dana White sabe o que faz e não costuma rasgar dinheiro.

cinturao ufc

Sendo assim, podemos esperar um bom combate no dia 05 de novembro, sempre lembrando que independentemente da vencedora são grandes as chances de termos uma brasileira como a próxima desafiante ao cinturão do peso-palha da organização.