Facebook
Instagram
Youtube
Spotify
Bodog

Rio Open 2020, o principal torneio de tênis da América do Sul

Em 2020, entres os dias 15 e 23 de fevereiro, foi disputada a sétima edição do Rio Open de Tênis, torneio brasileiro integrante do seleto grupo ATP World Tour 500. Atualmente, o Rio Open está entre os 22 torneios de tenis mais importantes do calendário da Associação de Tenistas Profissionais (ATP).

rio open

Na história do Rio Open, grandes jogadores já disputaram o campeonato e consagraram-se campeões: o espanhol Rafael Nadal, um dos principais atletas da história do tenis, conquistou o título do torneio em 2014; seu conterrâneo David Ferrer, venceu a competição no ano seguinte, em 2015. No feminino, destacamos o título das tenistas italianas Sara Errani e Francesca Schiavone, em 2015 e 2016 respectivamente. Outros nomes de atletas consagrados como o francês Jo-Wilfried Tsonga e o austríaco Dominic Thiem também já participaram de edições do Rio Open.

A sétima edição do torneio Rio Open contou com a participação de 64 tenistas profissionais, 32 atletas no torneio de simples masculino e 32 para torneio de duplas masculino. Destaque, no simples, para o austríaco Dominic Thiem, quarto colocado no ranking da ATP e o sérvio Laslo Djere, defendendo seu título de 2019; nas duplas, os colombianos Juan Sebastián Cabal e Robert Farah, os terceiros na ATP de duplas e, defendendo o título de 2019, a dupla formada pelo argentino Máximo González e o francês Nicolás Jarry. Este ano, o Rio Open não contou com torneio feminino.

tenis service

A final de simples

A final do torneio de simples aconteceu no dia 23 de fevereiro na quadra Gustavo Kuerten, disputada entre o tenista chileno Christian Garín e o italiano Gianluca Mager. Em um jogo bastante intenso e equilibrado, que durou pouco mais de uma hora e meia, o atleta chileno de 23 anos venceu o italiano por dois sets a zero, parciais de 7-6 e 7-5. Com o título do Rio Open 2020, Garín salta da 23.ª para 18.ª posição no ranking da ATP, além de faturar um prêmio de mais de 300.000 dólares.

Para chegar até à final e conquistar o título, o caminho de Garín não foi fácil, mas o atleta mostrou porque está entre os 20 melhores tenistas do mundo. Na estreia, venceu o sérvio Andrej Martin por dois sets a um (4-6, 7-5, 7-6). O segundo jogo foi contra o argentino Federico Delbonis, no qual o venceu por dois sets a zero (6-4 e 6-3). A terceira vitória de Garín veio nas quartas de final diante de outro argentino, o tenistas Federico Coria, dois sets a um (2-6, 6-3, 7-5). O último passo à grande final foi dado na semifinal vencendo o croata Borna Ćorić por dois sets a zero (6-4 e 7-5).

A final de duplas

A final do torneio de duplas também aconteceu na quadra principal, a quadra Gustavo Kuerten, no último dia da competição. A dupla formada pelo espanhol Marcel Granollers e o argentino Horacio Zeballos venceu os italianos Salvatore Caruso e Federico Gaio em um jogo muito disputado que durou uma hora e quarenta, por dois sets a um (4-6, 7-5 e 10-7) conquistando o título do Rio Open 2020.

tenis doubles

No caminho ao título, a dupla campeão teve de enfrentar, na estreia, outra dupla formada por um argentino e um espanhol, Juan Ignacio Lóndero e Albert Ramos, vencendo por dois sets a zero (6-3 e 6-2). No jogo seguinte, enfrentaram a dupla campeã da edição 2019 e conquistaram a vitória por dois sets a um (6-4, 5-7 e 10-8). Na semifinal, vitória sobre os brasileiros Felipe Meligeni Alves e Thiago Monteiro por dois sets a zero (7-6 e 6-4).