Facebook
Instagram
Youtube
Spotify
Bodog

As duas melhores finais da Libertadores na última década

As duas melhores finais da Libertadores da última década que você vai querer lembrar. Quando falamos da Copa Libertadores da América é impossível não pensar em grandes jogos, de muita intensidade e com jogadores excepcionais.

festejo estadio copa libertadores

Embora todas as partidas da Libertadores sejam empolgantes, a grande final do principal torneio interclubes da América Latina sempre reserva uma dose de emoção e vigor. Escolhemos duas ótimas finais dos últimos dez anos para que você possa reviver essas disputas esportivas inigualáveis.

Flamengo x River Plate – Final de 2019

Essa partida contou com um ingrediente a mais que deu um tempero especial à grande final da Libertadores. Pela primeira vez na história do torneio, a final seria disputada em um estádio neutro. De um lado, o Flamengo retornava a uma final da Libertadores após 38 anos. Do outro lado, o River Plate, na sua segunda final consecutiva, só queria defender o título conquistado no ano anterior. Sem dúvida, Flamengo e River eram os melhores times do continente, não apenas por disputar essa partida. Mas, acima de tudo, pela qualidade de seus treinadores e jogadores, que foi comprovada em campo.

barbosa flamengo gabigol libertadores

O fato der ser uma final disputada em uma única partida, forçou os times a elaborar uma estratégia bastante intensa. Não havia margem para erros. O campeão seria definido ali, naquele momento. O River saiu na frente. Aos 14 minutos do primeiro tempo, Rafael Borré inaugurou o placar de sucessos do Flamengo.

Em desvantagem, o Flamengo avançou com toda a força do seu ataque, enquanto o River se defendia como podia. Porém, já nitidamente esgotada, a defesa do time argentino sucumbiu nos últimos instantes da partida. Aos 44 minutos do segundo tempo, Gabigol igualou o placar, e três minutos após, já nos acréscimos, voltou a marcar. E assim, o Flamengo virou o jogo e se tornou o campeão da Copa Libertadores.

River Plate x Boca Juniors – Final de 2018

River Plate e Boca Juniors são, sem dúvida, os dois times de maior rivalidade da América do Sul. Inclusive, há alguns que garantem ser a maior rivalidade do mundo.

Portanto, ver esses dois times competindo na final do principal torneio do continente é estar diante de uma partida de futebol histórica. Para muitos, essa foi a maior final da história da Copa Libertadores da América. Foi uma disputa cheia de controvérsias e tensão antes da realização das duas partidas decisivas.

jugador river libertadores

No jogo de ida, em La Bombonera, sede do Boca, o placar foi de 2 a 2. Na segunda partida, onde seria definido o campeão, no estádio do River Plate.

A última das melhores finais da Libertadores

O Monumental do bairro de Núñez, uma emboscada realizada pela torcida do time da casa contra o ônibus que levava a delegação do Boca Juniors. Acabou ferindo vários jogadores e integrantes da comissão técnica. O jogo foi suspenso devido a esse lamentável incidente.

O clima de insegurança entre as duas torcidas era tão intenso que a partida decisiva teve que ser realizada na Espanha, no estádio do Real Madrid, o Santiago Bernabéu. No confronto, os dois times já bastante desgastados e abalados pela situação problemática, disputaram uma partida morna.

O River superou o Boca e obteve a vitória, garantindo assim o título de campeão pelo placar de 3 a 1.