Facebook
Instagram
Youtube
Bodog

O GP da Austrália de Fórmula 1 está a caminho: tudo o que você precisa saber

A terceira corrida da temporada de Fórmula 1 de 2022 está chegando com o Grande Prêmio da Austrália, que será disputado no dia 10 de abril no circuito de Albert Park, em Melbourne.

As expectativas são altas na Austrália, pois os motores da Fórmula 1 rugirão novamente após dois anos sem competição devido ao cancelamento do GP em virtude da pandemia de coronavírus.

Todos os olhos estarão voltados para Charles Leclerc, piloto da Ferrari nascido em Mônaco, líder do campeonato com 45 pontos desde sua vitória no GP do Bahrein e seu segundo lugar na Arábia Saudita.

albert park australia

Grande Prêmio da Austrália: detalhes da corrida

CorridaGrande Prêmio da Austrália
Data7 a 10 de abril de 2022
CampeonatoCampeonato Mundial de Fórmula 1 

Onde posso assistir ao Grande Prêmio da Austrália?

Para a nova temporada da Fórmula 1 em 2022, a Fox Sports detém os direitos de transmissão de TV. O canal Fox Sports Premium oferece a corrida do GP da Austrália e a qualificação para todo o México.

Conheça a história do GP da Austrália

O Grande Prêmio da Austrália é uma das corridas mais tradicionais do Campeonato Mundial de Fórmula 1, embora nem sempre tenha sido realizado no Albert Park de Melbourne. Em 1985 entrou oficialmente no calendário do automobilismo com o circuito de rua de Adelaide.

A primeira edição das corridas de monolugares na Austrália foi em 1928, no circuito de Phillip Island, em Victoria, onde hoje são organizados o Moto GP e competições de Superbike. O vencedor foi o australiano Arthur Waite.

Esta será a 84ª edição do GP da Austrália, que teve algumas corridas memoráveis ao longo de sua história, como em 2002, quando o australiano Mark Webber chegou em quinto lugar com um Minardi que não estava em condições de competir com os melhores. Apesar da vitória de Michael Schumacher, Webber foi a estrela da corrida.  

Em 2001, o GP australiano foi ofuscado por uma tragédia. Uma roda se soltou após uma colisão entre os carros de Ralf Schumacher e Jacques Villeneuve e causou a morte de um comissário de pista.

lewis hamilton

As estatísticas mais importantes do GP da Austrália

Como todas as competições oficiais de Fórmula 1, o Grande Prêmio da Austrália tem uma série de estatísticas notáveis a se considerar.

Devemos lembrar que só em 1996 é que o GP da Austrália foi disputado no Albert Park de Melbourne e que em 1985 ele foi incluído no calendário da Fórmula 1, onde o finlandês Keke Rosberg obteve a primeira vitória.

Os pilotos com o maior número de vitórias

O alemão Michael Schumacher é o piloto que mais vezes venceu o Grande Prêmio da Austrália, com quatro vitórias em Melbourne. Sempre sob a bandeira da equipe italiana Ferrari, Schumi venceu em 2000, 2001, 2002 e 2004.

Enquanto isso, o alemão Sebastian Vettel (2011, 2017 e 2018) e o britânico Jenson Button (2009, 2010 e 2012) contam com três vitórias cada um. Lewis Hamilton, outro dos melhores pilotos da F1, poderia igualá-los, pois conta já com dois primeiros lugares na Austrália (2008 e 2015).

Escuderias com mais vitórias

Há uma grande disputa entre os construtores da Fórmula 1 no Grande Prêmio da Austrália. A escuderia britânica McLaren é a que mais vezes chegou no topo do pódio, com 11 vitórias. Enquanto a italiana Ferrari não dá o braço a torcer e soma 9 vitórias na Oceania.

A britânica Williams aparece com cinco vitórias, todas na década de 90. Enquanto isso, a Mercedes, potência alemã, teve performances marcantes com quatro vitórias entre 2014 e 2019.

Os favoritos para a corrida do Grande Prêmio da Austrália de 2022

Quanto aos possíveis vencedores do GP da Austrália, não podemos esquecer de mencionar o britânico Lewis Hamilton, vencedor pela última vez em 2015, e recordista de títulos da F1 junto com Michael Schumacher (7).

Além disso, outro fato importante para apostar na Fórmula 1 é que o finlandês Valtteri Bottas tentará defender sua última vitória em Melbourne, em 2019.
max verstappen

A nova safra de pilotos, como o recente campeão da F1, Max Verstappen (Red Bull), Carlos Sainz Jr. (Ferrari) e Charles Leclerc (Ferrari) mantêm a consistência no início do campeonato e são os favoritos para vencer a prova.

As próximas corridas no calendário da Fórmula 1 são as seguintes: GP da Emilia-Romagna (Itália), GP de Miami (EUA) e o GP da Espanha, que será realizado em 22 de maio na Catalunha.