US Open de Tênis 2023: estatísticas e apostas online

A temporada do tênis internacional chega ao seu quarto e último Grand Slam, o US Open 2023, que se inicia na segunda-feira, 28 de agosto e vai até o domingo 10 de setembro, numa final com muitas emoções e surpresas relativas aos finalistas.

us open tenis

Entre estreias de jovens promessas e ausências de superestrelas, pode-se dizer que teremos mais um US Open de tirar o fôlego, tanto para quem estiver nas quadras quanto para quem quiser apostar em tênis. Prepare-se e não perca nada do último torneio do Grand Slam 2023.

aposte slots cassino bodog blog

Todas as informações sobre o US Open 2023

Para que você não perca os resultados de um dos maiores prêmios do tênis mundial, faremos aqui um breve resumo de como será o US Open 2023: prognósticos, tenistas previamente destacados e jovens que merecem atenção no evento deste ano. Vamos juntos, porque assunto não falta.

Data28 de Agosto a 10 de Setembro do 2023
OrganizaçãoFederação Internacional de Tênis (ITF) e United States Tennis Association (USTA)
LocalUSTA Billie Jean King National Tennis Center, Nova York, Estados Unidos
Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Quando será o torneio?

Exatamente como costuma acontecer anualmente, o US Open 2023, parte do prestigioso Grand Slam de tênis, está programado para ser realizado entre a última segunda-feira de agosto (28) e o segundo domingo de setembro (10). Este evento anual atrai fãs de todo o mundo e é uma das competições mais aguardadas no calendário do tênis.

aposte slots blog bodog cassino

Quem vai participar do torneio?

Por ser o maior Campeonato do tênis mundial, o Grand Slam conta com um grande número de atletas, que se preparam ao longo de todo o ano para cada um dos torneios que o envolvem. São cerca de 128 tenistas competindo em cada categoria.

O US Open é conhecido por sua competição acirrada, com cerca de 128 tenistas competindo em cada categoria. A edição de 2023 promete ser especial, com a expectativa de ver jovens talentos e veteranos brilhando nas quadras do USTA Billie Jean King National Tennis Center, em Nova Iorque.

tenis us open

Nomes como Casper Ruud, Carlos Alcaraz, Frances Tiafoe e Karén Jachánov são esperados, assim como Aryana Sabalenka, Caroline Garcia, Ons Jabeur e Iga Swiatek na categoria feminina. Sempre envolvendo tenistas mais vitoriosos e com conhecimento suficiente de como funcionam os torneios do Grand Slam.

Quem são os destaques do tênis do US Open?

Nas últimas temporadas, nos acostumamos a ver nomes como Rafael Nadal e Roger Federer sempre figurando na lista dos favoritos ao título do US Open. Porém, nesse ano a dupla não irá disputar o torneio mais importante do tênis norte-americano.

Enquanto Rafael Nadal se recupera de uma cirurgia que já o fez perder Roland Garros e Wimbledon, Federer já se aposentou e não será mais visto nas quadras. Pelo menos não como jogador.

Com isso, o sérvio Novak Djokovic será novamente o grande astro em ação, que tentará conquistar o 24º título de Grand Slam de sua carreira, para aumentar um recorde que já é seu. Como principal adversário, ele terá a jovem sensação espanhola Carlos Alcaraz, que já o derrotou na grande final de Wimbledon recentemente.

Entre as mulheres, a grande favorita para vencer o torneio é mais uma vez Iga Swiatek, com a brasileira Bia Haddad Maia tentando novamente surpreender e fazer história.

Talentos do Tênis Prontos para Brilhar no US Open 2023

O US Open está se aproximando, e as expectativas estão altas em relação às figuras emergentes e estabelecidas do tênis brasileiro. São tenistas que têm mostrado habilidade, determinação e paixão pelo esporte, conquistando vitórias importantes em suas respectivas carreiras. Agora, estão focados em levar suas habilidades para o próximo nível, enfrentando alguns dos melhores tenistas do mundo já consagrados no US Open.

Rafael Matos

Rafael Matos, com sua presença marcante nas duplas, tem mostrado consistência e habilidade em torneios ATP. Com títulos em Challengers e Futures, ele tem se estabelecido como uma força no circuito. Sua técnica e determinação serão cruciais na próxima competição, onde ele buscará solidificar seu nome entre os melhores.

João Fonseca

João Fonseca, um jogador do tênis promissor, tem feito progressos notáveis em sua carreira. Com vitórias em torneios Futures e uma ascensão constante no ranking ATP, ele é visto como um talento emergente. Sua habilidade técnica e jogo de rede serão fundamentais em sua próxima competição.

Eduardo Ribeiro

Eduardo Ribeiro tem se destacado por sua garra e determinação em quadra. Com uma carreira em ascensão e vitórias importantes em torneios Futures, ele é visto como um jogador a ser observado. Sua próxima competição será uma oportunidade para mostrar sua habilidade e enfrentar a pressão do grande palco.

Matheus Pucinelli

Matheus Pucinelli, um dos jovens talentos do tênis do Brasil, tem mostrado seu valor com vitórias em torneios juvenis e uma transição bem-sucedida para o circuito profissional. Seu poderoso forehand e habilidades táticas serão cruciais em sua próxima competição, onde ele buscará fazer um impacto.

Bia Haddad

Bia Haddad, uma das principais jogadoras do Brasil, tem uma carreira já consolidada com vitórias em torneios WTA e ITF. Sua experiência e habilidade a tornam uma competidora formidável, e ela certamente será uma das estrelas a serem observadas na próxima competição.

Leia Mais

Leia Mais, uma jogadora promissora, tem mostrado grande potencial com vitórias em torneios ITF. Sua técnica e habilidade em quadra a tornam uma competidora a ser observada. A próxima competição será uma chance para ela mostrar ao mundo o que é capaz.

Laura Pigossi

Laura Pigossi, conhecida por suas habilidades de dupla, tem conquistado títulos em torneios ITF e mostrado versatilidade em quadra. Sua próxima competição é aguardada com entusiasmo, e ela certamente trará emoção às quadras com seu estilo de jogo único.

Luisa Stefani

Luisa Stefani tem se destacado como uma das melhores jogadoras de duplas do Brasil, com títulos WTA e uma presença constante nas finais. Sua habilidade na rede e química com suas parceiras a tornam uma das estrelas a serem observadas, e ela certamente será uma força na próxima competição.

As apostas online no Bodog, sempre apoiando o tênis brasileiro, não fica atrás e oferece aos fãs a oportunidade de se envolverem ainda mais com o esporte através das apostas. Com uma variedade de opções de apostas, os entusiastas do tênis podem colocar suas previsões à prova e talvez até lucrar com seus conhecimentos e intuições.

A combinação de talento em ascensão, veteranos experientes e o apoio contínuo da Bodog promete fazer deste US Open uma competição emocionante e memorável. A nação está unida, torcendo por seus heróis, enquanto eles se preparam para brilhar nas quadras de Nova Iorque. A jornada promete ser emocionante, e a Bodog está aqui para torná-la ainda mais envolvente.

A edição do US Open de 2023 promete ser um testemunho do talento emergente no mundo do tênis, bem como uma celebração dos grandes nomes que contribuíram para o esporte.

Qual é o prêmio para os vencedores do torneio?

Na edição de 2023 do US Open, mais uma vez, os campeões das categorias masculina e feminina do major saem com o mesmo valor em dinheiro. Esse é um dos grandes diferenciais na história do torneio, que foi o primeiro no mundo a propor essa igualdade entre os gêneros no que se refere à premiação.

aposta tenis online

Em 2023, os campeões das chaves masculina e feminina receberão US$3 milhões cada, um valor aproximado de R$14,6 milhões, de acordo com a cotação atual da nossa moeda. Entre as duplas, cada uma na equipe vencedora irá receber US$700 mil.

Final US Open 2022

Em 2022, a grande final do US Open foi disputada pelo dinamarquês Casper Ruud e pelo espanhol Carlos Alcaraz. O espanhol levou a melhor, com uma vitória por 3 sets a 1. Foi um jogo disputado, que mostrou como apostar em tênis pode ser lucrativo.

A ausência de Djokovic se deu pelo fato de que o sérvio não tomou a vacina contra a covid-19 e, por isso, foi forçado a desistir de sua participação no torneio. Como isso não irá acontecer neste ano, somente por uma zebra não teremos Djokovic na grande decisão.

Dependendo da configuração das chaves, também temos o grande risco de ver repetida uma final entre Djokovic e Alcaraz, como vimos recentemente em Wimbledon.

E como Alcaraz também levou a melhor na grama de Londres, são grandes as chances de vermos um duelo emocionante nas quadras duras e rápidas de Nova York.

Quem foi o último campeão masculino?

Após superar o norueguês Casper Ruud, o jovem espanhol Carlos Alcaraz se consagrou campeão, levou para casa o seu primeiro Grand Slam e ganhou, ainda, o título de campeão mais jovem da história do US Open.

alcaraz us open

Contra Casper, conseguiu as parciais 6/4, 2/6, 7/6 e 6/3, numa batalha que durou 3h20. Com isso, ampliou a vantagem sobre o tenista norueguês, em jogos diretos entre ambos, para 3 a 0.

Quem foi a última campeã do torneio feminino?

A jovem polonesa Iga Swiatek, de apenas 21 anos, venceu a tunisiana Ons Jabeur por 2 sets a 0. Destacadas por muitos críticos como as melhores tenistas do ano, as jovens protagonistas da final do US Open não surpreenderam por estar nesta posição, mas pela disposição de ambas até o final.

iga swiatek campea

Melhores momentos do US Open

As partidas de semifinais e finais, certamente merecem o destaque do torneio, por toda a estratégia e conhecimentos que foram exigidos dos tenistas envolvidos. As finais entre Alcaraz x Ruud e Jabeur x Swiatek foram destaques inequívocos do US Open passado e certamente oferecem nomes a acompanhar no evento deste ano. Por isso, é importante relembrar seus pontos mais destacáveis.

Alcaraz x Ruud

Após derrotar o grego Stefanos Tsitsipas e ir para as oitavas de final, Carlos Alcaraz se comparou a Roger Federer quanto ao seu estilo de jogo mais agressivo, reconhecendo, porém, que deve melhorar o seu saque para caber melhor nessa comparação. Com o anúncio de aposentadoria de Roger Federer, Alcaraz fica sem concretizar um de seus sonhos, que seria enfrentá-lo em algum torneio, conforme declarou ao sair campeão.

Quanto à agressividade com a qual se caracteriza Alcaraz, certamente não faltou na final jogada entre o campeão espanhol e o norueguês Casper Ruud. Usando estratégias para surpreender e cansar o adversário, os dois mantiveram um equilíbrio nos dois primeiros sets, mas logo depois, Alcaraz demonstrou mais resistência e chegou a seu primeiro US Open.

Tiafoe x Alcaraz

Na semifinal, Alcaraz terminou vencendo Tiafoe de virada, em uma partida extremamente movimentada e baseada em boas estratégias. A partida durou mais de 4 horas e somou mais um grande número de sets (5) ou o número máximo do torneio masculino.

Para essa vitória de resistência, o espanhol contou com o bom desempenho físico que sustenta aos 19 anos, levando-o à sua primeira final no US Open.

Jabeur x Swiatek

O confronto entre Ons Jabeur e Iga Swiatek, que já se encaminha para ser um clássico do tênis mundial, chegou à sua 5ª edição. Nessa oportunidade, Iga virou o placar geral de confrontos, já que venceu a 3ª partida de 5.

iga swiatek tenis

Em dois sets bastante movimentados, as duas tenistas mostraram muito empenho, para além da superioridade de Iga em termos estratégicos e de velocidade. Apesar da derrota, Jabeur conta com as próximas oportunidades para garantir com o seu número 1 e o título no US Open. Sem dúvidas, foi um grande torneio para ela continuar seu preparo rumo à primeira vitória.

Conclusão

Nas últimas décadas, o tênis internacional foi dominado por alguns dos maiores nomes da história, como Roger Federer, Rafael Nadal e as irmãs Venus e Serena Williams. Porém, grande parte desses nomes já virou passado na história do esporte.

Com isso, apenas Djokovic, entre homens e mulheres, aparece como favorito a quase todos os títulos que disputa, enquanto nomes como Carlos Alcaraz e Iga Swiatek são candidatos a futuros astros. O US Open é a chance perfeita para vermos esses novos nomes em ação, torcendo, ainda, e pelos destaques brasileiros que, por sorte, são vários e boas opções para quem vai apostar no Us Open.

Perguntas frequentes

Quem são os maiores vencedores e vencedoras do US Open de tênis?

A lista de maiores vencedores do US Open traz um empate triplo com Richard Sears, William Larned e Bill Tilden tendo vencido o torneio 7 vezes cada. Entre as mulheres a honraria fica por conta de Molla Bjurstedt Mallory, que entre 1915 e 1926 conquistou o torneio por 8 vezes. Todos os títulos, masculinos e femininos, foram conquistados antes da Era Aberta do tênis.

Qual foi a partida mais longa da história do US Open de tênis?

A partida mais longa da história do US Open de tênis aconteceu no ano de 1992, quando Stefan Edberg derrotou Michael Chang em um jogo que durou nada menos do que 5 horas e 26 minutos. As parciais da partida foram 6/7, 7/5, 7/6, 5/7 e 6/4.

Qual foi o confronto mais repetido na história do US Open?

O US Open é disputado há mais de um século, e grandes rivalidades já foram vistas dentro das quadras de seus complexos. Um dos confrontos que mais se repetiu recentemente foi entre Novak Djokovic e Roger Federer, que se encontraram 6 vezes, com 3 vitórias para cada um. Em finais, o placar também está empatado: um a um.

Que estratégia deve ser seguida para apostar no vencedor do US Open?

Ao apostar no vencedor do US Open, o apostador precisa levar em consideração uma série de fatores, como a fase do jogador, a sua forma física e o seu retrospecto no piso em que será disputada a competição, que no caso do Aberto dos Estados Unidos é o piso duro e rápido, semelhante ao que é utilizado também no Australian Open.

aposte futbol esportes bodog blog

Assine nossa newsletter

Receba bônus exclusivos e as últimas notícias sobre os melhores jogos de cassino.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Rolar para cima