Alex Poatan, estatísticas do lutador antes da próxima luta no UFC

Se você perguntar para algum fã de MMA quem é Alexsandro Pereira, muito provavelmente não conseguirá uma resposta satisfatória, mas pergunte para algum fã de kickboxing quem é Alex Poatan e a resposta virá sem nenhuma demora: um dos maiores de todos os tempos.

Alex Poatan comemorando sua vitória

Nascido em São Bernardo do Campo, na região do ABC paulista, Poatan tem 36 anos e, assim como a grande maioria dos brasileiros, teve no esporte a sua grande ferramenta de ascensão social. E mais do que isso: viu a sua vida ser salva pela luta.

De uma vida no alcoolismo ao status de lenda dos ringues, Alex Poatan continua escrevendo capítulos dinâmicos a cada UFC do qual participa e, como veremos, há muitas expectativas sobre os UFC seguintes, já que o lutadora, após perder o último cinturão, falou inclusive em mudar para a categoria de peso meio-pesados.

Quem é Alex “Poatan” Pereira?

Apesar de ser ainda bastante jovem, com apenas 22 anos, Alex “Poatan”  Pereira já enfrentava um grave problema no ano de 2009: o alcoolismo. Atrás de uma vida mais regrada, buscou no esporte uma porta de saída e  encontrou o caminho das glórias.

Poatan iniciou no kickboxing sem grandes pretensões naquele ano, sem nenhuma intenção de ser um lutador profissional.

Pouco tempo depois, escreveria o seu nome na história dos esportes de combate ao ser o primeiro homem campeão em duas categorias de peso diferente do Glory, o maior evento de Kickboxing do mundo.

Foi no Glory que o brasileiro enfrentou por duas vezes Israel Adesanya, o atual campeão do peso-médio do UFC, e venceu nas duas vezes. A primeira com uma decisão dos árbitros e a segunda impondo o único nocaute da carreira do nigeriano como lutador.

Embora Poatan tenha conseguido ganhar o título de peso-médio em novembro de 2022, tirando o cinturão de Adesanya, teve que devolvê-lo em abril de 2023. Ainda assim, espera-se muito de Alex e almeja-se que, depois de Murilo Bustamante e Anderson Silva, um dos melhores lutadores do UFC, Poatan possa iniciar um novo reinado verde e amarelo na divisão.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.

Alex Pereira no UFC

A estreia de Alex Pereira foi recente, no dia 6 de novembro de 2021 no UFC 268. E o brasileiro logo de cara já levou para casa o prêmio de performance da noite.

Em apenas um ano no Ultimate Poatan já fará o seu quarto combate, tendo conquistado nas três primeiras lutas três vitórias, duas por nocaute e uma por decisão unânime dos árbitros.

Mas, a história não é feita sem eventos destacados, ou rivais que levem o conflito a outro nível e façam a trama avançar. Um exemplo disso é a rivalidade trazida do kickboxing ao MMA, frente a seus últimos confrontos contra Israel Adesanya.

Israel Adesanya estava invicto entre os pesos-médios do UFC até perder seu cinturão para Poatan em 2022. A única derrota de sua carreira tinha acontecido quando tentou conquistar o cinturão dos meio-pesados e acabou derrotado por Jan Blachowicz.

alex pereira jogador
adesanya vs poatan

Sem adversários possíveis dentro do seu plantel de lutadores, o Ultimate buscou Poatan no Legacy Fighting Alliance, outro evento de MMA, onde o brasileiro lutou por apenas uma vez.

aposte slots blog bodog cassino

Estatísticas do Alex Pereira

Alex Pereira pode não ser uma das lendas brasileiras do UFC, mas  é uma verdadeira lenda do Kickboxing, trazendo consigo um cartel invejável com 40 lutas. Poatan venceu 33 vezes, sendo 21 delas por nocaute, e teve sete derrotas, sendo duas delas por nocaute.

Quando falamos de MMA, o seu cartel é bem mais modesto, já que o lutador entrou em ação nas artes marciais mistas em apenas sete oportunidades. Mas, se o cartel ainda é pequeno, as estatísticas animam quem quer  apostar no UFC: são sete vitórias e apenas duas derrotas.

As duas únicas derrotas de Poatan no MMA aconteceram justamente em sua estreia, no Jungle Fight 82 contra Quemuel Ottoni em 2015 e contra seu mais antigo rival, que veio como ele do kickboxing, Israel Adesanya. Alex foi finalizado com um mata-leão aos 2m52s do terceiro round, na primeira derrota, e sofreu um nocaute de Adesanya, no segundo round, aos 4 minutos e 21 segundos.

As melhores lutas de Alex Pereira

Alex Poatan tem um estilo de luta bastante agressivo e costuma resolver todos os seus combates em pé. Em suas seis vitórias como lutador profissional de MMA em apenas uma delas a vitória não veio com um nocaute.

As últimas três lutas do brasileiro aconteceram já no UFC, em um período bastante curto de um ano. As três primeiras de sua carreira aconteceram há muito tempo, entre 2015 e 2016.

Vale a lembrança que Poatan teve uma longa pausa em sua carreira, deixando o MMA para voltar ao Kickboxing em 2016 e voltando para as artes marciais mistas apenas no ano de 2020.

Alex Poatan x Bruno Blindado

O também brasileiro Bruno Silva, o Bruno Blindado, chegou ao UFC com o status de campeão do M-1 Challenge, o maior evento de MMA da Rússia. E fazia bonito no Ultimate com três vitórias consecutivas até encontrar Poatan pela frente.

O confronto entre os dois abriu o card principal do UFC Fight Night 203 e foi até aqui o duelo mais difícil da carreira de Alex Pereira. Blindado conseguiu resistir por três rounds, mas foi derrotado por decisão unânime dos árbitros.

Alex Poatan x Andreas

A estreia de Alex Poatan foi cercada de grande expectativa por todos os fãs do UFC e pelo próprio Dana White, o presidente da organização.

A expectativa era tanta que o brasileiro já fez a sua estreia em um card numerado e com venda de PPV, realizado no Madison Square Garden. Coincidentemente, esse será o mesmo palco do duelo de Poatan e Adesanya.

O brasileiro fez bonito e mostrou logo o seu cartão de visitas com uma joelhada voadora no início do segundo round. O resultado: um nocaute fulminante que garantiu o bônus de performance da noite.

Alex Pereira x Powell

Depois de fazer a sua estreia e mais duas lutas no Jungle Fight o brasileiro Alex Poatan deu uma pausa em sua carreira no MMA e voltou para o Glory para continuar brilhando no kickboxing.

O retorno para as artes marciais mistas aconteceu apenas em 2020, depois de ser convidado para participar de um camp de preparação do brasileiro Glover Teixeira. Esse encontro reacendeu a vontade de Poatan de voltar ao MMA e para isso ele assinou um contrato com a LFA.

No Legacy, ele fez apenas um combate, contra Thomas Powell e precisou de menos de um round para vencer com um nocaute.

Alex Poatan x Israel Adesanya

A rivalidade entre Adesanya x Pereira que era bastante razoável no kickboxing, tem ganhado proporções muito maiores no MMA. No final de 2022, o grande questionamento era quem perderia uma incrível sequência de invencibilidade que rondava os dois lutadores.

adesanya vs poatan

Na primeira oportunidade de confronto, quem levou a melhor foi Poatan, levando o cinturão dos pesos-médio do Ultimate (até 83,9kg), após nocautear Adesanya no último round da luta, no UFC 281.

Tendo surgido a oportunidade de revanche em abril de 2023, Israel Adesanya não deixou de aproveitá-la no UFC 287. Nessa oportunidade, o lutador nigeriano venceu o brasileiro em um nocaute que não poupou força e terminou aos 4 minutos e 21 segundos do segundo round.

UFC 291 card: Blachowicz x Pereira

Após a derrota para Adesanya e a perda do cinturão, Pereira tem falado em mudar de categoria, tendo em vista seu aumento de massa muscular, e migrar para o peso meio-pesado.

Embora essa seja uma oportunidade para um futuro próximo, por enquanto o lutador permanece na mesma categoria e já tem sua próxima luta agendada, durante a noite do UFC 291. Não será a luta principal da noite, mas agrega muito na expectativa do público.

Jan Blachowicz já anunciou que pretende propor uma luta mais focada em golpes de pé. O polonês tem uma estratégia clara para tentar vencer este que é um dos grandes nomes do esporte na atualidade. E essa luta, com tamanha expectativa de ambos os lados, torna-se mais uma ótima oportunidade para apostar no UFC 291.

Conclusão

Alex Poatan é um novato aprendendo na UFC, mas uma lenda dos eventos de luta em pé e trocação. O brasileiro tem apenas 36 anos e já tem chance de fazer história e preencher o hiato de grandes nomes no país, após a aposentadoria de Anderson Silva.

ring ufc

Ele já conquistou o cinturão uma vez e provou para seus torcedores e para ele mesmo que pode ser um dos grandes nomes com os quais contar nas competições da modalidade. Agora, Poatan tem outras provações pela frente e ninguém tem dúvida de que não será nada fácil vencê-lo. Aproveite essa certeza para ver as odds da próxima luta na Bodog e apostar!

Perguntas frequentes

Quando Alex Poatan lutará novamente no UFC?

Poatan x Blachowicz está no card do UFC 291, que acontecerá na noite do dia 29 de julho de 2023, a partir das 19h e o cinturão que está em jogo é o de peso-leve, que deverá ser decidido na luta entre Poirier x Gaethje.

Que lutas estão no card do UFC 291, além de Poatan x Blachowicz?

Além de Poatan x Blachowicz, o card do UFC 291 conta com a luta principal da noite, Poirier x Gaethje, e outras: Ferguson x Green, Chiesa x Holland, Thompson x Michel Pereira, Lewis x Marcos R. de Lima, Bonfim x Giles, Kopylov x Ribeiro, Mattheus x Baeza, Vergara x Salvador, Semelsberger x Medic e a luta feminina, Maverick x Cachoeira.

Alex Poatan mudou de categoria no UFC?

O lutador brasileiro anunciou a mudança de categoria e deverá passar de peso-médio (84 kg) a meio-pesados (93 kg). A decisão foi anunciada após sua derrota para Adesanya em abril de 2023, quando perdeu para o mesmo adversário o cinturão que havia conquistado em novembro de de 2023.

Qual foi o último UFC vencido por Alex Poatan?

A última vitória de Poatan no calendário do UFC coincide com sua primeira conquista de cinturão nas MMA. Foi no dia 12 de novembro de 2022, quando o lutador nocauteou o nigeriano Israel Adesanya no último round do UFC 281.

aposte futbol esportes bodog blog

Assine nossa newsletter

Receba bônus exclusivos e as últimas notícias sobre os melhores jogos de cassino.

Ative o JavaScript no seu navegador para preencher este formulário.
Rolar para cima