Facebook
Instagram
Youtube
Spotify
Bodog

Campeonato Mundial de Basquete Masculino, para o Brasil?

Há tempos o basquete brasileiro não tem uma significativa participação no Campeonato Mundial de Basquete. Por anos não garantiu vaga em torneios importantes e, por isso, acabou não conseguindo conquistar grandes títulos. Mas a seleção tem um bom histórico. Atualmente, conta com jogadores que vem se destacando e resgatando a expressividade do país no esporte. Como Leandrinho, Marcelinho Huertas, Marquinhos, Anderson Varejão, Didi Louzada, Yago, Bruno Caboclo e Rafa Luz.

mundial basquete 2019 china

No mundial de 2019, na China, o time fez uma ótima primeira fase, vencendo Nova Zelândia, Grécia e Montenegro, e empolgou os torcedores. Não conseguiu seguir na competição. Após perder para as seleções da República Checa e dos Estados Unidos, mas sua boa campanha garantiu presença no Pré-Olímpico. Ocorrerá em junho deste ano, para disputar uma entre as quatro vagas disponíveis para os Jogos Olímpicos 2020. Los que seguían la NBA 2019 sabrán encontrarn en estos tornos algunos de los mejores jugadores del mundo.

Mundial de Basquete masculino

A última edição da Copa do Mundo de Basquete foi marcada por algumas alterações em seu formato. Pela primeira vez na história (desde a primeira competição, em 1967). O campeonato Mundial de Basquete Masculina não ocorreu concomitantemente com a Copa do Mundo FIFA e o Campeonato Mundial de Voleibol. Além disso, em vez de 24 equipes, tiveram 32 na fase de grupos. As oito principais seleções já possuem suas vagas asseguradas nas Olimpíadas. Que será sediada em Tóquio, no segundo semestre deste ano.

mundial basquete preparacao

As mudanças fizeram com que o torneio ficasse ainda mais competitivo, elevando o nível do esporte no mundo todo. O Campeonato Mundial de Basquete é uma oportunidade de ver os melhores jogadores de basquetebol em acção.

Pré-olímpico do Basquete: preparação para Tóquio 2020

Como o Japão é o país-sede dos jogos olímpicos, sua equipe de basquete já está automaticamente garantida na competição. Outros sete países também já se classificaram para participar, por meio do Mundial de 2019, seguindo critérios continentais. São eles: Austrália, Nigéria, Irã, Estados Unidos, Argentina, Espanha e França. A próxima oportunidade para estar no torneio é o pré-olímpico, que disponibiliza quatro vagas.

mundial basquete feminino toquio 2020

Os clubes com mais chances de apresentarem uma boa campanha neste ano são o sempre favorito Estados Unidos – que, inclusive, ganhou a última edição das Olimpíadas no Rio –, a atual campeã mundial Espanha e outras seleções fortes, como Argentina, Sérvia, Lituânia e Rússia. 

E o Mundial de Basquete Feminino, quando é?

Diferentemente do que ocorreu com o basquete masculino, o feminino não mudou o ano de seus campeonatos mundiais e eles continuam ocorrendo em paralelo a grandes competições internacionais de outros esportes, a cada quatro anos. Como a última edição foi em 2018 – vencido pela seleção dos Estados Unidos pela terceira vez consecutiva, em jogo contra a Austrália –, a próxima edição será daqui dois anos. A primeira fase das eliminatórias contará com 34 equipes participantes e será realizada em novembro de 2021, enquanto a segunda fase ocorrerá em fevereiro de 2022.

basquete feminino brasileiro pan

A seleção brasileira, que é campeã mundial (1994), está numa boa fase sob o comando do técnico José Neto. Em agosto do ano passado, as meninas conquistaram ouro no Pan-Americano após quase três décadas sem nem ao menos estar presente em um pódio. Em setembro, levaram para casa o bronze na Copa América, e fecharam o ano com chave de ouro garantindo vaga no processo pré-olímpico na França, em fevereiro deste ano. Os mais renomados jogadores de basquetebol brasileiros fizeram história.